Hoje, 22 anos desde o primeiro prédio condenado, o cenário de Muribeca é de abandono. Mas existe uma chance de mudar essa situação! 384 das mais de 3 mil famílias de Muribeca podem recuperar suas casas: basta o novo prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira, liberar a verba para a compra do terreno onde será construído o novo habitacional, o Batalha dos Guararapes! Reivindique para que o prefeito libere a verba e faça justiça às famílias de Muribeca!

Envie um e-mail agora para o prefeito!

Quem você vai pressionar

Anderson Ferreira 1andersonferreira.pe@gmail.com

Anderson Ferreira 2andersonferreira@jaboatao.pe.gov.br

632pessoas estão com a Muribeca



Hoje, 384 famílias de Muribeca vivem em situação de vulnerabilidade e com uma ordem de despejo na porta. Esses moradores vivem numa área preservada, perto de córregos, e precisam ser realocados para uma área mais segura!

Esse impasse tem solução: existe um projeto e verba liberada para a construção de um residencial que pode abrigar essas famílias. O valor de 24 milhões já foi liberado pelo governo federal e é fruto da luta dos moradores de Muribeca. Só falta a Prefeitura de Jaboatão pagar pelo terreno que vai receber o projeto.

Acontece que se a prefeitura não formalizar o pagamento até 28 de fevereiro, a verba federal retornará para o Ministério das Cidades e o novo habitacional não sairá do papel. Essas pessoas podem perder tudo o que há anos vem lutando para conseguir!

O Prefeito de Jaboatão é novo no pedaço. Esse é seu primeiro mandato e ele não ainda conhece direito os problemas da cidade. Por isso, vamos chamar a atenção para Muribeca e exigir que o novo prefeito, Anderson Ferreira, garanta a liberação da verba.

Tempos pouco tempo e precisamos que você aja agora!
Envie um e-mail no formulário ao lado e exija uma ação imediata do prefeito. Salve Muribeca!



Nos anos 80 e 90, Muribeca era um oásis no meio do deserto. Nos primeiros anos de Muribeca, o bairro tinha vida nas ruas, comércio, escolas, segurança e acabou se tornando um espaço propício para a efervescência cultural. Três anos após o nascimento do Conjunto Habitacional da Muribeca, Miró, seu personagem mais célebre, escreveu seu primeiro livro.

Com o passar dos anos, a partir da condenação do primeiro prédio, o Bloco 10 da Quadra 01
conhecido como Balança Mas Não Cai, o Conjunto Muribeca começa a decair. O caso ganha atenção da mídia, aparece nos principais jornais e se torna um símbolo da burocracia por trás da política habitacional. O bairro se torna um verdadeiro cemitério de prédios, sem uso social. O problema ainda ganhou outras esferas: não só as famílias que residiam nos apartamentos sofrem com o drama. O entorno do local também é ocupado por pessoas que aguardam pelo dia em que terão o seu direito à moradia garantido dignamente de acordo com a lei, já que a área é uma ZEIS (Zona Especial de Interesse Social). Pra quem tá na luta por moradia, abandonar Muribeca é perder uma batalha muito significativa. A vitória de Muribeca pode ser exemplo para os muitos bairros com a mesma problemática de prédios com problemas estruturais. E é do lado de Muribeca que nós temos que ficar! Essas famílias precisam da gente!
Fala com a gente!


(081) 9 8119.6875


Por que o Meu Recife entrou nessa?

O Meu Recife se envolve nas suas causas sempre seguindo o princípio do Respeito aos Direitos Humanos. As famílias de Muribeca estão há 22 anos esperando pela notícia de que enfim terão em lugar seguro pra chamar de seu. A prefeitura já se comprometeu a arcar com a verba do terreno para construção do residencial Batalha dos Guararapes, agora só falta fechar o negócio! Por isso, estamos juntos com Muribeca pela garantia do direito mais básico: a moradia. Salve Muribeca!